terça-feira, 22 de julho de 2014

Império em 8 minutos - Conquista em fast forward


Este post tem o apoio de:

Há uns dias atrás, ao converter uma garantia da FNAC, surgiu a oportunidade de usar o dinheiro depositado no cartão para adquirir um novo jogo de tabuleiro e a escolha recaiu sobre o Império em 8 minutos da DEVIR. E porquê? Bem, porque não é um jogo só com cartas, é mesmo um jogo com um tabuleiro e é um jogo de tabuleiro, como o próprio nome diz, para jogar em 8 minutos (bem, talvez 8 minutos seja optimista, mas é de facto rápido quando comparado com os outros jogos de tabuleiro que temos).

O Império em 8 Minutos é comercializado em Portugal pela DEVIR, com tradução em português, e pode ser encontrado à venda na FNAC, na Livraria Bertrand e noutras lojas que podem pesquisar através da procura no site. Também pode ser encomendado directamente através do site da loja da Devir.

Capa da caixa.

O Império em 8 minutos é um jogo para 2 a 5 jogadores com mais de 12 anos, cujo objectivo é construir um império através da dispersão de tropas e construção de cidades nas várias áreas do tabuleiro. Cada jogador começa o jogo com 14 cubos, que representam exércitos, 3 discos, que representam cidades e um determinado número de moedas que servirão para comprar acções. A dinâmica do jogo é ditada por um conjunto de cartas de acção que são dispostas em grupos de 6 de cada vez e cada jogador, na sua vez, escolhe comprar a determinada carta que mais lhe convier e que representará a acção que este realizará na sua jogada. Existem as seguintes acções: Colocar exércitos, mover exércitos, mover exércitos com opção sobre o mar, construir cidade ou eliminar exércitos. Algumas cartas só permitem uma acção, enquanto outras permitem realizar duas tarefas numa só jogada e outras ainda permitem escolher entre duas possibilidades.

Ganha este jogo quem tiver mais pontos de vitória, depois de contabilizar os pontos de vitória acumulados em cartas compradas e o número de áreas do mapa e de continentes que o jogador controla.

Aconselhamos este jogo por vários motivos. Para quem está a entrar no mundo dos jogos de tabuleiro é uma excelente escolha porque tem um preço acessível, caixa relativamente pequena e fácil de arrumar e regras simples e em português, muito embora seja necessário ultrapassar a construção do discurso feita pelas normas da tradução em português do Brasil. Por outro lado, e também para quem está a começar, é um jogo rápido e fácil de entender, tornando-se imediatamente mais dinâmico na segunda partida, assim que as regras e objectivos já estão perfeitamente dominados. É um jogo de estratégia e gestão de escolhas e pontos, por isso talvez não seja o mais acessível ao público infantil, contudo estas características, aliadas à velocidade de cada partida, poderão interessar ao público adolescente, naturalmente mais apressado, e aos adultos que procuram preencher pausas de lazer mais curtas.

Relembramos também que este jogo está nomeado para o prémio Quina de Ouro 2014.

*Um ponto extremamente positivo que quero destacar, e que normalmente é raro, é que tem marcadores em cor-de-rosa, que são os meus favoritos. E não há nada como conquistar um império aquém e além mar com exércitos de cores fofas…


Mara Beldroegas

Sem comentários:

Enviar um comentário