terça-feira, 22 de julho de 2014

Músicas do Mundo voltam a invadir Loulé

© Mário R. Cunha
Os sons do mundo voltaram a encher as ruas da Loulé antiga nos passados dias 25 a 28 de Junho, com mais uma edição do Festival MED. Com início em 2004, como parte das actividades de promoção do Campeonato Europeu de Futebol, em que Portugal foi anfitrião, este festival de cultura nunca mais parou, continuando até aos dias de hoje a trazer à cidade algarvia alguns dos maiores nomes da música do mundo. Já com 11 anos de edições, a sua continuidade é prova de que o Algarve não é apenas praia, mas também ponto de encontro de culturas, que aqui descobrem uma centralidade única entre a Europa e a África, a Ásia e as Américas. Desde Turtle Island (Japão), passando por Bomba Estéreo (Colômbia), foram vários os trilhos sonoros, passando por La Selva Sur (Espanha), Nour Eddine (Marrocos), Dino D’Santiago (Cabo Verde) e Graveola & O Lixo Polifónico (Brasil). A contribuição portuguesa ficou a cargo, entre outras, de Ala dos Namorados, Gisela João, Primitive Reason e ainda de Orblua, onde São Brás de Alportel marca presença no feminino. Como é tradição, também não faltaram os petiscos e o artesanato tradicional, étnico e urbano, onde além das cores do mundo era possível encontrar uma amostra do melhor que São Brás tem para oferecer, criado pelas mãos habilidosas dos artesãos do concelho que este ano marcaram presença no festival. 

© Mário R. Cunha

Texto: Mara Beldroegas e Nélson Pires
Fotografias: Mário R. Cunha
Publicado na edição de Julho do jornal "Notícias de S. Braz"

Sem comentários:

Enviar um comentário